Prefeitura de Pedras de Fogo nega distribuição de peixes estragados, esclarece valores e vai investigar desvio de peixe por funcionário

Compartilhe esse artigo :

 


A Prefeitura de Pedras de Fogo negou que tenha distribuído peixes estragados aos beneficiários do Bolsa Família, nesta quinta-feira (1º) e garantiu que os pescados que aparecem nos vídeos com as reclamações não são os é diferente daquele que foi adquirido pela Prefeitura e entregue à população pela atual gestão.

Do mesmo modo, informou que os valores gastos foi R$ 80.520,00, com peixe e coco. A unidade do peixe, portanto, custou R$ 11,20. Da mesma forma, o coco seco custou R$ 2,22.

Sobre a denúncia de que um servidor teria sido “flagrado levando caixa de peixe para casa”, os fatos serão apurados mediante inquérito administrativo a ser instaurado, observados os princípios do contraditório e da ampla defesa.

Essas foram as informações relacionadas aos fatos publicados na matéria Clique Aqui 

Veja os Valores:



portal do litoral pb

0/Postar um comentário / comentários

Deixe um comentário A baixo

Anúncio post 1

Anúncio post 2