Cidades

Cidades

Prefeita paraibana compra medicamentos quase vencidos e vereador afirma que tomaria os medicamentos: “vale por mais dois anos” – VEJA VÍDEO

quarta-feira, 28 de abril de 2021

/ Redação

Suedna Lira
polemicaparaiba

Uma polêmica envolveu os vereadores da cidade de Bom Jesus, sertão do estado, após o Tribunal de Contas da Paraíba emitir um alerta para a prefeitura sertaneja, sobre compras medicamentos próximos da data de vencimentos, no valor de R$ 12.251,94.




A questão foi levada durante sessão da Câmara Municipal de Bom Jesus com intuito de solucionar o problema. Ao ser discutida pela bancada opositora que mostrou com documentos que as compras dos medicamentos foram adquiridos com irregularidades, vereadores ligados a gestão municipal tentaram justificar o fato.

Na tentativa de eximir a gestão da prefeita Denise Bayma da responsabilidade, o líder da prefeita na Câmara, o vereador Tito Líbio Dias, afirmou que mesmo um medicamento vencido, ele tem validade por dois anos. Para embasar sua teoria, o parlamentar disse ainda que tomaria os medicamentos, mesmos vencidos.

O órgão legal que legisla sobre o uso de medicamentos, Anvisa, proíbe o uso de medicamentos vendidos, visto que sob estudos qualquer medicamento vencido perde sua eficácia e não pode garantir que este fará bem ou mal, caso seja utilizado, pondo em risco a integridade física.




















Mais
© ©Copyright2019-2021 Alhandra News | Por Network F5
Todos os direitos reservados.