Lula perde processo é condenado a pagar R$ 24,6 mil a advogados de jornalistas

Compartilhe esse artigo :


expressopb

O ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva perdeu um processo e foi condenado a pagar um montante de R$ 24,6 mil pelos honorários de sucumbência aos advogados dos jornalistas Thiago Bronzatto, Diego Escosteguy e Filipe Coutinho.

Lula processou o grupo em maio de 2015 após a publicação de uma reportagem na revista Época com a seguinte manchete : “Lula, o operador”. A acusação pedia uma indenização de R$ 95 mil e dizia que o texto era “inverídico”, ” sensacionalista ” e “divorciada das práticas ética e sensatas do bom jornalismo “.

Na publicação, os jornalistas relataram que o Ministério Público abriram uma investigação que tinha o objetivo de apurar a participação do ex-presidente Lula em negócios da construtora Odebrecht com governos estrangeiros. Segundo a reportagem, a investigação seria sobre uma possível influência política para a facilitação de negócios.

A decisão judicial, porém, entendeu que os jornalistas foram cuidadosos e não distorceram os fatos . O juíz salientou que os profissionais da comunicação agiram dentro da legalidade .

Com isso, Lula teve a sua condenação decretada e foi obrigado a pagar os custos do processo aos advogados do escritório Perdiz de Jesus , responsável pela defesa . A decisão não é passível de recurso e o ex-presidente já realizou o pagamento.

0/Postar um comentário / comentários

Deixe um comentário A baixo

Anúncio post 1

Anúncio post 2