Agraciado: Derrotado nas eleições passadas, ex-vereador é nomeado no gabinete da prefeita de Conde.

Compartilhe esse artigo :

 portal conde news


Derrotado nas eleições de 2020, ano em que a Câmara Municipal de Conde enfrentou um desgaste inestimável no tocante à imagem dos parlamentares, onde teve alguns que foram acusados de rachadinhas e teve até desistência de mandato, o ex-vereador e ex-presidente do legislativo condense não ficou sem sombra e acaba de ser agraciado com uma portaria no gabinete da prefeita Karla Pimentel.

DIÁRIO OFICIAL de 29 de Março de 2021, através da PORTARIA Nº 0212/2021, contempla o senhor Carlos André de Oliveira Silva, o popular Carlos Manga Rosa, no cargo de Chefe da Divisão Operativa, símbolo CDS-III, com lotação no Gabinete da Prefeita.

Em tempos de pandemia e bolha Cibernética, onde o povo tudo ver (como se um observatório fosse), os poderes constituídos, enquanto o povo padece necessidades, elaboram os conchavos políticos e enaltecem os amigos diante da cara do povo.

Enquanto o povo recebia peixe pra o dejejum da semana santa, Manga era agraciado no poder executivo.

Estas regras na velha política não são mais comuns, pois o povo tudo sabe, tudo ver. O grande irmão, filme do clássico Livro de George Orwell “1984” mostra o regramento político da época, enquanto o povo era submetido à vigilância. Hoje, é o inverso. O povo tu sabe, tu ver.

Em Conde, os poderes legislativo e executivo têm servido para a prática do penduricalho, do apadrinhamento, onde são nomeados ex-políticos sem mandatos, os quais perdem a cadeira, mas não a boquinha.

Na prefeitura, ao que se sabe, Manga Rosa já foi nomeado. Na câmara, consta como chefe de Gabinete o ex-prefeito Aluísio Régis e, o ex-vereador Luiz de Bihino, o qual foi nomeado como assessor parlamentar.

Enquanto o povo padece com carência de assistência social, infraestrutura e outras demandas governamentais, os amigos do poder são agraciados com os manjares da política.

Enquanto os vereadores que foram eleitos para fiscalizarem, se mostram com nuvens turvas diante de seus olhos, ao mesmo tempo em que alguns buscam a sombra da gestora, o conjunto fica inerte diante das respostas que a população precisa.

O mérito do julgamento cabe ao povo. A câmara municipal de Conde teve nos dois últimos pleitos, mudanças significativas de cadeiras, o que reflete a inconsistência política naquela casa.

O que será que os vereadores não entenderam ainda?

Os bastidores é o combustível dos fatos políticos em forma de fofoca, onde não se podem provar nada, mas ao que se comenta, teria mais ex-parlamentares para serem contemplados, como o nome do ex-vereador José Muniz e o ex-vereador Juscelino Oliveira.

Esperemos para ver, e, crer!


0/Postar um comentário / comentários

Deixe um comentário A baixo

Anúncio post 1

Anúncio post 2